Planejamento Estratégico. Isso é o que toda empresa precisa para crescer e se destacar no mercado.

Mas, não adianta executar o planejamento de qualquer forma. É preciso realizá-lo de maneira estratégica visando os objetivos que devem ser alcançados.

Quando bem feito, o planejamento estratégico ajuda o empreendedor a realizar as tarefas e caminhar em direção às metas de maneira  mais organizada e disciplinada.

A seguir, mostraremos tudo o que você deve fazer para realizar o planejamento estratégico do seu buffet. Achou interessante? Então, não deixe de continuar lendo o nosso post!

As perguntas que o planejamento deve responder

À princípio, o primeiro passo para colocar em prática um planejamento estratégico assertivo em seu buffet é responder às três perguntas básicas a seguir:

  • Como o negócio está atualmente?
  • Que objetivos devem ser alcançados?
  • O que deve ser feito para as metas serem atingidas?

Somente respondendo-as é que você poderá analisar a situação do seu buffet e descobrir quais são as medidas que deverão ser tomadas para o seu negócio crescer e gerar mais lucros.

Os passos para a realização do planejamento estratégico

Depois de responder às perguntas acima, você deve seguir alguns passos   para realizar um bom planejamento:

#Passo 1 – Analisar o cenário

Nessa primeira etapa, você precisa analisar os ambientes:

  • Internos: os pontos fortes e fracos do seu buffet levando em consideração fatores como, por exemplo: finanças, equipe, infraestrutura física, etc;
  • Externos: as ameaças e oportunidades no mercado.

A partir dessa análise, você poderá ver o que contribuirá ou não para  atingir os objetivos do buffet e, assim, começar a elaborar estratégias para fortalecer seus pontos fracos e driblar as ameaças.

#Passo 2 – Estabelecer os objetivos do negócio

Na segunda etapa, são definidos os objetivos que o buffet deve alcançar. Essas metas podem ser, por exemplo, aumentar a base de clientes, alavancar o faturamento, abrir filiais em outros bairros ou cidades, etc.

Mas é importante que eles sejam quantificáveis, ou seja, possam ser calculados ao longo do tempo, e também realistas.

De nada adianta colocar como meta um faturamento alto para o final do trimestre, se o buffet não conseguirá ter a quantidade de clientes necessária para gerar receita.

#Passo 3  – Definir as estratégicas

É por meio das estratégias que os objetivos do buffet serão atingidos. Então, a partir delas serão definidas como a empresa caminhará em direção às metas.

Para cada objetivo, deve se ter, no mínimo, uma estratégia estabelecida.

Se o objetivo for, por exemplo, aumentar a base de clientes do negócio, pode-se ter como estratégia a ampliação do mix de produtos e serviços.

#Passo 4 – Estabelecer as ações

O último passo é a definição das ações que serão realizadas, que serão  o detalhamento de cada uma das estratégias.

Se a estratégia é ampliar o mix de produtos e serviços para aumentar a base de clientes, as ações a serem realizadas será fazer uma pesquisa de mercado e testar a aceitação deles pelo público.

É importante ressaltar que cada ação requer dedicação, tempo e investimento. Por isso,  é importante definir um cronograma com a sua data de realização e também seus custos para que não hajam atrasos nem ultrapassagem do teto de gastos.

Para simplificar o entendimento, elaboramos abaixo um exemplo de planejamento estratégico para buffets:

Exemplo de planejamento estratégico para o seu buffet

Desenho do cenário:

  • Pontos fortes: o buffet tem uma boa equipe e uma localização privilegiada;
  • Pontos fracos: a produção de doces e salgados é terceirizada, o que reduz a qualidade dos produtos e diminui o faturamento do negócio.

Foco nos objetivos:

  • Conquistar mais clientes e dobrar o faturamento em dois anos.

Alinhamento de estratégias:

  • Começar a produzir doces e salgados por conta própria para melhorar a qualidade e atrair mais clientes;
  • Automatizar a produção com o objetivo reduzir custos e aumentar a lucratividade.

Visualização das  ações:

  • Buscar no mercado empresas que vendem máquinas que automatizam a produção de doces e salgados;
  • Fazer um treinamento para tirar o máximo de proveito dessas máquinas de produção de salgados e doces;
  • Montar uma infraestrutura adequada para a produção.

Como você pôde ver, no post de hoje, o planejamento estratégico não é tão complicado implementar um planejamento estratégico em seu buffet. Para ele ser bem feito, basta seguir os passos mencionados acima. Se tudo for feito corretamente, temos certeza de que os objetivos do seu negócio serão atingidos.

E então, pronto para começar a fazer o planejamento estratégico do seu buffet?

Se tiver ficado com alguma dúvida, escreva para a gente  nos comentários abaixo!  Pois, teremos o maior prazer em ajudar!