Há quem diga que a idade para empreender ideal é quando você tem vinte anos, vinte e poucos. Há também quem preze pela experiência e julgue a possibilidade de sucesso de um empreendimento ao ser criado por alguém com trinta anos ou mais. Mas, realmente, será que o fator idade faz diferença?

Algumas das empresas mais bem-sucedidas do mundo foram criadas por pessoas muito jovens, enquanto outros negócios de sucesso foram elaborados por pessoas com mais de 60 anos.

Para analisar melhor essa questão, vamos tratar, no post de hoje, de alguns fundamentos sobre empreender e verificar se existe, portanto, idade para empreender. Confira!

O segredo do sucesso de um empreendimento tem a ver com a idade do empreendedor?

Não. Há quem defenda que a criatividade é mais aflorada entre os vinte e trinta, mas isso é um mito. As características comportamentais de empresários e empreendedores, estejam eles com 18 ou 70 anos, variam e possuem potenciais vantagens e riscos, conforme a idade.

Portanto, vamos deixar claro as duas grandes características para empreender: uma é a capacidade de correr risco e a outra é a rápida tomada de decisão, rápido poder de reação. E isso, você pode possuir sendo jovem ou mais experiente.

Talvez o modelo do famoso grupo de empresários da área da computação, nas décadas de 1980, 1990 e 2000, que começou sua carreira cedo, tenha influenciado a opinião comum de que é preciso ser jovem para inaugurar uma empresa de sucesso.

Afinal, as empresas de Bill Gates (Microsoft), Steve Jobs (Apple), Michael Dell (Dell) e Mark Zuckerberg (Facebook) foram criadas quando eles estavam entre o final da adolescência e os 25 anos.

No entanto, todos eles passaram por dificuldades. A vantagem para quem empreende tão jovem é que existe tempo para superar os erros. Apesar de alguns serem fatais para os empreendimentos.

Por isso, apesar de o grupo de bilionários do ramo da computação possuir a criatividade no auge, todos precisaram acumular experiência profissional para manterem as suas empresas nos trilhos.

Além desse exemplo de jovens empreendedores, saiba que, empreendendo mais tarde, você também terá grandes chances de sucesso. Especialistas afirmam que após os 35 anos é um bom momento para tirar os planos do papel e iniciar um negócio, pois, nessa fase, elas estão mais maduras, experientes e resilientes.

Portanto, como vimos, há exemplos de sucesso no empreendedorismo em todas as faixas de idade.

Idade para empreender: sempre haverão vantagens e riscos

Como vimos, sempre que alguém iniciar um novo negócio, se deparará com vantagens e riscos, tanto para a sua idade quanto para inúmeros outros fatores. Assim, não existe idade para empreender que seja a mais correta.

Da mesma forma que não é pré-requisito básico que você tenha um currículo recheado de grandes títulos e honrarias universitárias. O que vale para quem deseja abrir um novo negócio é a força de vontade, a visão, o sonho e o desejo de fazer algo diferente e melhor – e conseguir tirar tudo isso do papel.

Por isso, tanto faz se você tem 17, 30 ou 72 anos. Se você tem uma ideia na qual acredita e sente a faísca do empreendedorismo e da inovação dentro de você: confie e empreenda! Uma das maiores satisfações que alguém pode ter durante a vida é concretizar seus planos e sonhos.

Mantenha o foco no seu sonho

Saiba, portanto, que existem empreendedores bem-sucedidos de todas as idades, de todas as formações e áreas de atuação. Sempre vai existir julgamento, independentemente se for por ser “novo demais” ou “velho demais”.

Se isso acontecer com você também, tenha em mente que é necessário ignorar o que não lhe agrega valor e olhar para a frente. Olhe para os seus objetivos. Não deixe que ninguém lhe distraia dos seus sonhos, pois é assim que boas ideias podem acabar não saindo do papel.

Não há idade para empreender. Há hora, e o momento é agora! O Brasil apresenta a maior taxa de empreendedorismo dos últimos 14 anos. Aproveite seu talento e conquiste também o seu espaço!

E então, tiramos sua dúvida sobre se existe idade para empreender? Para conferir outras dicas de empreendedorismo, continue acompanhando nosso blog. Até a próxima!