A taxa de desemprego no Brasil, que chegou a atingiu 13,3 milhões de pessoas, acabou impulsionando ainda mais o brasileiro em direção ao empreendedorismo. Uma pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM), encomendada pelo Sebrae, revelou que de cada 10 brasileiros, 4 são empreendedores. No período, a taxa de empreendedorismo foi de 39,3% – a maior desde 2002, quando o país atingiu o índice de 20,9% quanto ao número de empresas em funcionamento no Brasil. E esse número de pessoas que estão vendo no empreendedorismo uma forma de manter-se no mercado de trabalho vem crescendo cada vez mais.
Nesse contexto, apresenta-se como um bom nicho o segmento de salgadinhos. Embora a Mintel, agência de inteligência de mercado, tenha observado uma queda de 73% do consumo de salgadinhos, essa mesma pesquisa aponta que 49% dos consumidores estão optando por salgadinhos mais saudáveis e 37% salgadinhos integrais, ou seja, esse é um segmento que está se reinventando e permanece em crescimento.

Neste eBook, iremos falar mais sobre como é possível abrir seu próprio negócio de salgadinhos e como ter rápida lucratividade com esse tipo de empreendimento, tendo em vista que, hoje em dia, os maquinários disponíveis estão cada vez mais completos e acessíveis, o que possibilita uma produção ágil e de qualidade, trazendo uma conseqüente maior lucratividade ao empreendedor.