Há certa dúvida sobre a real origem de um dos mais populares e consumidos lanches do Brasil: a coxinha. Uma das versões afirma que esse salgado foi criado para ser uma alternativa mais barata e durável do que a própria coxa de frango que era servida em lanchonetes e na frente de fábricas no século XIX em São Paulo. De lá para cá, diversas receitas surgiram e os empreendedores do ramo buscam formas de diferenciar seu salgado – quem sabe, fazendo a melhor coxinha do mundo.

Quer algumas dicas para aceitar esse desafio e qualificar ainda mais a produção de sua coxinha? Então, continue a leitura deste artigo!

1. Trabalhe apenas com ingredientes de qualidade

De nada adianta ter uma receita maravilhosa se você trabalhar com ingredientes de qualidade duvidosa. Lembre-se de que eles serão a base para a coxinha e, portanto, se a base não tiver qualidade, como seu produto final poderia ter?

Por isso, a qualidade da matéria-prima é fundamental para você fazer a melhor coxinha do mundo. Uma coxinha saborosa, vistosa, com aquele cheirinho de dar água na boca – quem resiste? Mas, para isso, é preciso investir em ingredientes de qualidade.

2. A melhor coxinha do mundo tem que ser replicável 

Sabe aquele mito de receita secreta, que se faz uma vez e não se consegue mais repetir? Ele não combina com os negócios de sucesso. Depois de experimentar uma vez a melhor coxinha do mundo, seu cliente irá querer sempre ter o mesmo nível de qualidade nos próximos pedidos.

Por isso, a melhor coxinha do mundo combina muito bem com a produção automatizada. Ao utilizar uma máquina de fazer salgados, você consegue homogeneizar e padronizar sua produção, sempre entregando ao cliente um salgado com o mesmo sabor e consistência.

3. Massa e recheio: capriche na dupla dinâmica que tem que conquistar o coração do cliente

Como vimos, a máquina de salgados é uma grande aliada para se preparar uma coxinha deliciosa e padronizada.

Por isso, vamos mostrar uma receita de coxinha que faz muito sucesso, da Cláudia Salgados, para você fazer massa e recheio de darem água na boca.

Massa:

Para preparar a massa da coxinha, coloque 4,8 litros de água na masseira e adicione três cubos de caldo de galinha, três colheres de sopa rasas de alho e sal, 300 gramas de margarina e 100 ml de óleo.

Aguarde levantar fervura e acrescente 3 kg de farinha de trigo, deixando em fogo médio por aproximadamente 7 minutos. Então, desligue e leve pra esfriar em uma mesa de pedra ou inox.

Recheio:

Utilize 1 kg de filé de peito cozido e desfiado. Em seguida, coloque em uma panela 1 colher de óleo para refogar o frango. Acrescente alho e sal a gosto, 1 cubo de caldo de galinha, 1 colher de corante, 1 colher de salsinha desidratada e 100 ml de água. 

Então, mexa em fogo baixo até que o tempero incorpore no frango e fique bem sequinho. Aguarde a mistura esfriar e acrescente 300 gr de bechamel ou requeijão para dar cremosidade ao recheio. Deixe esfriar por meia hora na geladeira e pronto!

Dica extra: você pode utilizar a masseira também para cozinhar, desfiar e preparar o frango – prático, não?

4. A melhor coxinha do mundo deve ser sequinha e crocante

Um dos atributos que fazem da coxinha uma preferência nacional é sua crocância e seu aspecto sequinho. Para alcançar esse ponto, é importante não descongelar o salgado antes de fritá-lo, a fim de que ele fique firme no óleo, não encharque ou estoure.

Utilizar um tacho ou uma fritadeira funda também é uma dica importante, a fim de que a imersão da coxinha no óleo seja completa e, assim, ela fique crocante e com fritura homogênea.

5. Higiene e limpeza de sua cozinha também são fundamentais para a qualidade da coxinha

Já pensou seu cliente dando uma mordida na coxinha e encontrando uma sujeirinha em meio ao recheio? Não dá, certo? Por isso, o asseio de sua área de trabalho é um fator-chave para garantir a produção da melhor coxinha do mundo.

Limpar adequadamente pisos, bancadas, pias, maquinários e demais utensílios é imprescindível para garantir a qualidade e os diferenciais que farão suas coxinhas destacarem-se no mercado. Ainda, seguir as diretrizes sanitárias da Anvisa aplicáveis ao setor alimentício também é importante.

E então, pronto para elevar a qualidade de sua coxinha a outro nível? Para saber mais sobre como a automatização pode ajudar você nisso, confira este artigo explicando o que é e como funciona a máquina de fazer salgados.